sábado, 29 de janeiro de 2011

Holocausto

Actividade de sistematização.
Jogo de palavras




sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

Dia Internacional das Vítimas do Holocausto


Uma das actividades que integrou a comemoração do Dia Internacional das Vítimas do Holocausto.

video

Comemoração do Dia Internacional das Vítimas do Holocausto


O Departamento de Ciências Sociais e Humanas em articulação com a Biblioteca Escolar e com a colaboração alguns professores do Departamento de Artes comemorou, no dia 27 de Janeiro, o Dia Internacional das Vítimas do Holocausto. Esta efeméride foi instituída pela Assembleia Geral das Nações Unidas (Resolução 60/7,de 1 de Novembro de 2005). A data, 27 de Janeiro, assinala a libertação dos judeus do campo de concentração de Auschwitz-Birkenau, no sul da Polónia, em 1945. Tem como principal objectivo manter viva a memória histórica entre as gerações futuras para que atrocidades do passado não se repitam no futuro.

Para assinalar a comemoração foram dinamizadas, na biblioteca escolar, várias actividades, abertas à comunidade escolar, das quais destacamos: palestras interactivas sobre o Holocausto Nazi; passagem de filmes; momentos de leitura; uma exposição temática intitulada, “É Preciso não Esquecer” e uma exposição bibliográfica denominada, “Holocausto Nunca Mais”. Como forma de homenagear a cultura israelita foi ainda apresentada uma encenação de uma dança típica deste país, representada por um grupo de alunos do 6º C e servida uma degustação, “ Sabores de Israel” pelos alunos do CEF3SM.

Foram ainda distribuídos pela comunidade escolar e espaço envolvente folhetos informativos, marcadores de livros e postais ilustrados.

sexta-feira, 21 de janeiro de 2011

As Janeiras



Vamos cantar as Janeiras


As Janeiras ou cantar as Janeiras são uma tradição portuguesa que consiste na formação de grupos que se passeiam pelas ruas no início do ano e durante o mês de Janeiro, cantando de porta em porta e desejando às pessoas um feliz ano novo.
O mês de Janeiro é consagrado ao deus Jano, o deus das portas e da entrada. Era considerado pelos romanos o porteiro dos Céus e por isso muito venerado por este povo que, deste modo, esperavam a sua protecção, pedindo-lhe que afastasse das casas os espíritos maus. Era igualmente tradição entre os romanos, no começo de um novo ano, a saudação entre si, como sendo outra manifestação do culto de Jano.
Reminiscências desta prática manifestam-se actualmente no cântico das Janeiras, cujo principal objectivo são os votos de um próspero ano para os habitantes das referidas comunidades. Forma indirecta de invocarem também a protecção divina.
Nos grupos de janeireiros, toca-se pandeireta, ferrinhos, tambor, acordeão, flauta e viola.
Em muitas aldeias esta tradição mantém-se viva, especialmente no Norte de Portugal e nas Beiras: As pessoas visitadas eram (são) normalmente muito receptivas aos cantores e aos votos que vêm trazer, dando-lhes algo e desejando a todos um bom ano.
Terminada a canção numa casa, espera-se que os donos tragam as janeiras (castanhas, nozes, fruta, Chouriços etc.) Por comodidade, é hoje costume dar-se chocolatese dinheiro, embora não seja essa a tradição).No fim da caminhada, o grupo reúne-se e divide o resultado, ou então, comem todos juntos aquilo que receberam.

Em articulação com a BE-A e a Biblioteca Minicipal da Figueira da Foz os alunos do 6ºB e 6º D cumpriram a tradição e deslocaram-se a esta instituição onde cantaram as Janeiras.

Os ensaios musicais, as declamações e a produção de folhetos informativos foram da responsabilidade da prof. Maria José Campos e da BE-A.


A actividade contou ainda com a colaboração das directoras de turmas, Clara Ligeiro e Susana Soares e da professora Arlete Silva que se disponibilizou a acompanhar os alunos.




video

segunda-feira, 10 de janeiro de 2011

Requisições na BE-A - 1º período


Balanço das requisições na BE-A


Durante o 1º período foram feitas 450 requisições no âmbito do PNL, 355 requisições bibliográficas para sala de aula, 85 requisições de filmes e 1625 requisições de computadores para realização de trabalhos escolares e lazer.

A turma com maior número de requisições domiciliárias foi a turma do 6º D com 32 requisições.

No TOP da Leitura ficou a aluna Silvie do 6º B com 9 requisições domiciliarias e com entrega da respectiva ficha de leitura.

A Silvie foi premiada com um certificado de apreciação oferecido pela BE-A.

Dia de Reis- 6 de Janeiro

Uma vez mais não foi esquecida a comemoração do Dia de Reis, este ano a Biblioteca Escolar propôs aos alunos a execução de coroas destinadas a uma exposição que decorrerá na Biblioteca até ao final do mês de Janeiro.
Aos alunos foi deixada total liberdade de criação quer nos materiais utilizados quer nos modelos confeccionados.
No final da exposição será premiada a coroa mais votada de acordo com os seguintes critérios: originalidade, materiais utilizados e execução técnica.




A data marca, para os católocos o dia da veneração dos Reis Magos ,que a tradição surgida no séc. VIII converteu nos santos Belchior, Gaspar e Baltazar Belchior. Nesta data, encerram-se para os católicos os festejos natalícios - são retirados os presépios e por conseguinte todos os enfeites natalícios.
In Wikipédia, acedido em 5 de Janeiro de 2011

sábado, 1 de janeiro de 2011